AraucáriaBrasilColuna SocialColunasEconomiaEducaçãoEntretenimentoEsportesEsportes - Coluna ''Destaque Entre Redes''FamososModaMundoParanáPolíciaPolíticaRedaçãoSaúdeTVVídeos

Idoso de 80 anos vai se recuperar da Covid-19 com atendimento domiciliar

A doença tirou de seu Moacir a esposa e uma filha e o deixou 40 dias entubado; a estrutura montada para atendê-lo conta com médicos, enfermeiros, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo e nutricionista

O Paraná já registrou mais de 18 mil mortes por causa do novo Coronavírus. Duas delas foram a da esposa e a de uma filha do seu Moacir Damaso da Silveira, de 80 anos. Morador de São Mateus do Sul, no interior do estado, ele contraiu o vírus em novembro de 2020 e foi internado. Com a piora do estado de saúde, em dezembro teve que ser transferido para o Hospital do Rocio, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba, onde havia vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Respirando com ajuda de aparelhos e em estado crítico, ele perdeu dois familiares no mesmo dia, sem chances de se despedir, já que estava inconsciente. Os filhos, que já sofriam com o luto, concentravam as orações para que seu pai vencesse a doença. “Ele [o médico] disse que a medicina já havia feito tudo o que poderia e que, independentemente da nossa religião, era para nos apegarmos muito à fé, porque só Deus poderia reverter a situação”, afirmou o filho Augusto César Silva da Silveira.

Após 90 dias de angústias e aflições, o pai de 12 filhos se recuperou e teve alta no dia 9 de fevereiro. Ao som de aplausos, seu Moacir deixou o hospital e foi recebido em sua cidade da mesma maneira. “É uma vitória estar aqui com o pai dentro de casa. A evolução dele está sendo maravilhosa, então a gente tem vivido momentos muito especiais. Apesar de todo o caos e sofrimento, algo poderoso tem acontecido nas nossas vidas e é o que faz a gente ficar firme”, emociona-se a filha Ângela Silva da Silveira Balemberg.

Seu Moacir conquistou a oportunidade de voltar para casa. Ainda tem um longo caminho de reabilitação para recuperar a saúde e a vida normal. Segundo sua filha, será fácil perto de tudo o que ele já superou. Como teve que fazer o procedimento de traqueostomia e passou muito tempo respirando com ajuda de um ventilador mecânico, ele vai precisar de atendimento médico domiciliar, de enfermagem, de fisioterapia, de fonoaudiologia, de terapia ocupacional e de nutrição para se recuperar por completo.

“Não há lugar melhor em nossa vida do que o nosso lar. O atendimento domiciliar traz comodidade, segurança, bem-estar e melhor aderência do paciente ao tratamento. Ele não precisa sair de casa para buscar tratamento ambulatorial e hospitalar, pois conta com isso em sua própria residência. Além de se reduzir o risco de infecção hospitalar ou complicações decorrentes do internamento em um hospital”, afirma o Gerente Médico da Lar e Saúde, Dr. Rafael Bruzamolin.

A Lar e Saúde tem apoiado os planos de saúde em todo o Brasil, fornecendo equipes de atendimento domiciliar para monitoramento e manejo de sintomas, assim como estruturas para o uso de oxigênio e equipamentos, além de fornecer medicamentos de acordo com a necessidade clínica de cada paciente.

Sobre a Lar e Saúde

A Lar e Saúde presta serviços de Atenção Domiciliar em todo o Brasil desde 2002. Suas equipes são formadas por médicos generalistas e de diferentes especialidades, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas que o paciente necessitar, disponibilizando toda estrutura necessária para um tratamento personalizado e humanizado.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.