Paraná

Ação de fura-catracas aumenta em Curitiba, mostra estudo das empresas de ônibus

O número de invasões no sistema de transporte coletivo de Curitiba teve alta em novembro. Segundo um estudo do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), em novembro ocorreram 4.068 invasões diárias. No estudo anterior, de março deste ano foram 3.995 invasões por dia. A alta foi de 1,8%.

Apesar do aumento ser pequeno, um dado chamou a atenção e preocupa. As ocorrências nas dez estações-tubo mais visadas pelos fura-catracas caiu 19%. Só na estação-tubo Passeio Público, a mais visada, a queda foi de 40%. Isso mostra que a ação dos fura-catracas se espalhou pelo sistema.

O prejuízo estimado para o sistema de transporte da Capital é de pelo menos R$ 6,3 milhões.

Em janeiro, a Setransp começa a testar um equipamento para tentar reduzir as invasões. Anteparos serão instalados em algumas estações-tubo para impedir que os fura-catracas entrem nos ônibus pela plataforma.

 

Bem Paraná-22/12/2018

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.