Paraná

Acordo da Volks prevê demissões voluntárias e redução de jornadas e salários na RMC

Os metalúrgicos da Volkswagen de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, decidem na próxima segunda-feira (19) se aceitam o acordo salarial proposto pela empresa. Entre os pontos da proposta está um plano de demissões voluntárias (PDV) e a redução de jornada de trabalho e salários, com a adesão da unidade ao Programa de Proteção ao Emprego (PPE) do governo federal.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC), a Volks seria a primeira empresa da região a aderir ao (PPE). “Esta negociação abre um precedente para as discussões de garantia de emprego com a dificuldades que as empresas passam hoje, em virtude da crise política e econômica do país”, analisa o presidente do sindicato, Sérgio Butka.

Com votação concluída pela Câmara na última semana, o PPE permite a redução temporária da jornada de trabalho, com diminuição de até 30% do salário. Para isso, o governo arcará com 15% da redução salarial, usando recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

O número de funcionários a serem incluídos no projeto da empresa ainda dependeria da adesão ao plano de demissões voluntárias, programado para o fim do mês. Quem aderir ao programa receberia o equivalente de cinco a dez salários, conforme o tempo de empresa.

A unidade paranaense da Volkswagen emprega cerca de 3,5 mil trabalhadores, sendo 2,4 mil da linha de produção e 1,1 mil do administrativo. São produzidos diariamente 460 automóveis (Fox, Crossfox, Space Fox, Golf e Audi A3). Além do mercado interno, a montadora produz para Argentina, Venezuela, Chile e México.

 

BandaB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.