Araucária

Agentes orientam sobre prevenção à dengue em Araucária

Agentes de combate a endemias voltaram a reforçar os trabalhos de combate aos focos do Aedes aegypti, inseto que, se contaminado, pode transmitir dengue, zika e chikungunya. Nesta quarta-feira (09), os profissionais de Araucária visitaram o Jardim Alvorada e alguns cemitérios da cidade.

Visitas de caráter preventivo e combativo foram realizadas nas casas, assim como orientações, fiscalizações em alguns pontos e remoção de resíduos que pudessem acumular água e resultar no desenvolvimento de larvas do inseto. Além dos profissionais de saúde, a equipe da Secretaria de Meio Ambiente também contribuiu com as ações.

Essas tarefas já são executadas o ano todo pelas equipes, mas voltam a ser intensificadas porque as temperaturas começam a aumentar e logo as condições serão mais favoráveis para a proliferação do mosquito e os cuidados de prevenção devem ser maiores. Em média cerca de cinco mil visitas são realizadas por mês pelos agentes de combate a endemias na cidade.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, em 2016 Araucária teve o registro de 13 casos de dengue, 2 casos de zika e 1 de chikungunya, sendo dois autóctones de dengue, ou seja, adquiridos na própria cidade.

Disque-entulho

Uma dúvida percebida pelos agentes durante a visita foi sobre o serviço de recolhimento de entulhos, que pode ser solicitado pelo telefone 3614-7480. A Secretaria de Meio Ambiente (SMMA) executa por meio de agendamento a coleta de sofás, colchões, madeiras, metais, vidros, eletrodomésticos, eletrônicos e galhos de árvores.

A remoção de resíduos de construção civil pode ser feita pelo fone 3614-7580 para a Secretaria de Obras (SMOP). Além de evitar a contaminação do meio ambiente, quando a população dá a destinação correta dos resíduos, afasta também a chance de proliferação de vetores que possam transmitir doenças.

Não deixe a água acumular
Combater os pontos de acúmulo de água é uma medida importante no combate à dengue. Não deixe água parada em pratos de plantas, pneus velhos e calhas. Estes itens devem ser esvaziados constantemente, limpos com um pouco de água sanitária e se possível descartados. Os sacos de lixo devem ser bem fechados e deve-se evitar também acumular entulhos. Se na sua região possui algum terreno com condições que possam contribuir para a proliferação do mosquito, denuncie para o Disque Dengue pelo telefone 0800 643 3005.

Foto: Carlos Poly/SMCS

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.