Paraná

Após reunião com Ratinho Jr, Greca não descarta aumento da passagem de ônibus

Após reunião com o governador Ratinho Júnior (PSD) nesta terça-feira (22), o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), afirmou que ainda não há nada decidido sobre o subsídio do Governo do Paraná para auxiliar o transporte coletivo da capital e região. Ele declarou, no entanto, que não pode descartar a possibilidade de aumento da passagem, devido à alta dos custos para gerir o sistema.

“Um reajuste na passagem, por causa da desoneração do óleo diesel e o aumento dos custos, vai acabar acontecendo. Mas nós vamos trabalhar intensamente para que ele seja o menor possível. Claro que o subsídio do governo ajuda”, disse ele em entrevista coletiva depois que saiu da reunião.

Sobre a contrapartida financeira sugerida pelo prefeito ao governador, Greca falou que as equipes econômicas vão estudar as alternativas para apresentar um bom projeto para a população. “Nós temos a ideia de implantar uma única tarifa metropolitana. Isso é uma coisa a ser construída, nós temos condições de receber recurso ou tentar outra solução, mas é algo que vamos construir juntos”.

Ao ser questionado sobre o valor do reajuste na passagem, o prefeito respondeu que ainda não há nada resolvido. “Ainda não fizemos o cálculo”, se limitou a dizer.

Entrevista

Em entrevista à Banda B, em dezembro do ano passado, Greca disse que a tarifa do transporte coletivo de Curitiba pode subir até R$ 0,29 em fevereiro de 2019. Tudo vai depender da ajuda de Ratinho.

“Precisamos do Ratinho, ou a passagem vai subir R$ 0,29”, disse Greca. Ele também condicionou o valor do aumento à aprovação do projeto que permite a extinção dos cobradores do transporte coletivo da capital e ao valor do reajuste que será concedido aos funcionários do sistema.

 

Banda B- 23/01/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.