Araucária

Araucária busca mais famílias acolhedoras

Crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por medida judicial para sua própria proteção são acolhidos em instituições municipais, porém podem viver na casa de famílias que queiram acolhê-los enquanto aguardam desfecho de processo judicial por meio do Família Acolhedora – serviço voluntário regulamentado por lei e que dá direito a um subsídio para uso em prol da criança/adolescente. Atualmente 25 acolhidos estão em instituições da cidade e poderiam ser amparados pelo Serviço Família Acolhedora, segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social de Araucária (SMAS). A cidade busca por mais parceiros nessa modalidade.

Os técnicos da SMAS explicam que é muito melhor para a criança ou o adolescente aguardar o desfecho do processo em um ambiente familiar, remetendo a uma rotina saudável que toda criança e adolescente tem direito a estar inserida, do que em uma instituição propriamente dita. “Quem acolhe a criança ou o adolescente temporariamente nos moldes desse serviço assume os deveres de pai e de mãe, de cuidar, dar carinho e se responsabilizar pelo dia a dia do acolhido. Levam para casa e cuidam como um filho. Os jovens têm alguns direitos especiais por estarem em desenvolvimento físico, psicológico, moral e social”, comenta a coordenadora do serviço de Família Acolhedora, Patrícia de Oliveira Rodrigues.

A Constituição Brasileira no artigo 227, assegura a proteção integral à criança e ao adolescente: “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.”

Patrícia ressalta que essa busca por mais interessados em participar no Família Acolhedora não é algo pontual, mas uma demanda contínua, pois o ideal é ter sempre mais famílias interessadas do que a demanda real de atendidos, já que nem sempre o perfil desejado bate com o dos acolhidos. Infelizmente muitos buscam apenas bebês ou crianças pequenas e há muitas crianças maiores e adolescentes também.

Lembrando que as famílias que aderem ao Serviço Família Acolhedora possuem acesso facilitado a ferramentas do município, como atendimento psicológico no Serviço de Atenção à Saúde Mental da Criança e Adolescente (SECRIA), preferência em vagas escolares perto de casa, acompanhamento dos técnicos da SMAS e atendimento na rede municipal de acordo com necessidades do acolhidos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3614-1702.

Família Acolhedora
O Serviço de Acolhimento Familiar de Araucária, se propõe a cadastrar e preparar as famílias da comunidade para acolherem provisoriamente crianças/adolescentes de 0 a 18 anos, que foram afastadas temporariamente da família de origem, sob medida de proteção, devido a situações de violações de direitos ou situações de risco de sua integridade física ou psicológica. Este amparo representa para a criança/adolescente a garantia da convivência familiar e comunitária, espaço sadio para expressão de sua individualidade e acesso aos direitos fundamentais. O estado civil dos candidatos que querem acolher não interfere no processo, as famílias devem ter pelo menos condição de proporcionar um desenvolvimento saudável ao acolhido com seus direitos fundamentais garantidos.

Requisitos para ser Família Acolhedora

  • Ter mais de 18 anos (solteiro ou casado)
  • Não ter interesse em adoção
  • Residente em Araucária a pelo menos 1 ano
  • Concordância de todos os membros da família
  • Possuir espaço adequado para acolher a criança ou adolescente
  • Ser aprovado como apto no processo pela equipe técnica do serviço de acolhimento familiar
  • Participar das capacitações, comparecer às reuniões do processo e seguir as orientações da equipe
  • Disponibilidade de tempo e interesse em oferecer proteção e amor às crianças e adolescentes.

SCMS Araucária

Foto: Pixabay

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.