Araucária

Assistência Judiciária de Araucária está retomando agendamentos de maneira gradativa

Após o recesso forense de final de ano, compreendido no período de 20 de dezembro a 20 de janeiro, a Assistência Judiciária de Araucária voltou a atender a população dia 02 de fevereiro. Os agendamentos estão sendo retomados de forma gradativa, para priorizar os processos já em andamento, pois o departamento passa por um período de reestruturação tanto de espaço físico quanto de quadro de pessoal.

A assessoria contribui para que o exercício de cidadania seja respeitado e permita o acesso de todos à Justiça. Para ter atendimento no serviço é preciso que haja um encaminhamento do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou do Conselho Tutelar. Esses dois segmentos fazem triagem e agendamento com data e hora e fornecerão uma guia de encaminhamento para ser entregue no momento do atendimento.

O Departamento de Assistência Judiciária, vinculado à Procuradoria-Geral do Município, presta serviço jurídico à população carente do município, principalmente na área de família: guarda, alimentos, divórcio, pensão, alvarás judiciais, medida de proteção, busca e apreensão de menores. Na área cível são também atendidos casos de interdições e curatelas.

O atendimento ao público ocorre no período da manhã, das 9h às 12h, exceto às quartas-feiras, período reservado para a realização de acordos extrajudiciais. No período da tarde não há atendimento ao público, pois este horário é reservado para o peticionamento e cumprimento de prazos pelos advogados e assessores, bem como são realizadas as audiências judiciais. Atualmente, são realizados cerca de dez atendimentos diários, entre atendimentos novos e retornos dos processos já em andamento.

A Assistência Judiciária fica localizada no mesmo prédio da Codar e da Secretaria de Trabalho e Emprego, na Rodovia do Xisto, nº 5815, no Bairro Sabiá (perto da Churrascaria Cristal). O telefone do serviço é o 3901-5137.

Documentos básicos
Os documentos necessários para cada ação dependem de cada caso, no entanto, é recomendável sempre levar para os atendimentos o comprovante de residência e documentos pessoais (RG, CPF, Carteira de Trabalho e comprovante de renda), que são essenciais e comuns para qualquer ação.

Outros órgãos e instituições de atendimentos jurídicos
A população de baixa renda também pode se beneficiar dos préstimos oferecidos por especialistas que atuam também:

Em Curitiba:
Na Rua da Cidadania: no Pinheirinho, Boqueirão, Fazendinha, Bairro Novo e Santa Felicidade.

Promotoria das Comunidades: Rua Marechal Floriano Peixoto, 1251. Rebouças, Curitiba. Telefone: 3250-4935 e 3250-4835.

Defensoria Pública da União: Rua Voluntários da Pátria, 547. Centro, Curitiba. Telefone 3232-9797.

Defensoria Pública do Paraná: Alameda Cabral, 184. Térreo, Curitiba. Telefone: 3219-7300.

PUC – NJP Campus Curitiba: Rua Iapó, 1111. Prado Velho, Curitiba. Telefone: 3271-1949/ 3219-1959.

Faculdade Curitiba: Rua Desembargador Westphalen, 2005. Rebouças, Curitiba. Rua Voluntários da Pátria, 532. 1º andar – Curitiba. Telefone: 3223-0255.

Em Araucária:
FACEAR – Faculdade Educacional de Araucária: Av. das Araucárias, 3803. Thomaz Coelho, Araucária. Telefone: 3643-1551.

FANEESP: Faculdade Nacional de Educação e Ensino Superior do Paraná. Av. das Araucárias, 5129. Thomaz Coelho, Araucária. Telefone: 3552-1300.

 

SMCS – FOTO: Carlos Poly

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.