ParanáPolícia

Beto Richa é transferido para presídio onde estão outros presos da Lava Jato

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi transferido para o Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta manhã de quinta-feira, 31. O local ficou conhecido como “prisão da Lava Jato” por abrigar várias pessoas detidas na operação, entre eles, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

A transferência foi determinada pelo juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba, “para garantir a efetividade da ordem de prisão preventiva”. A decisão é uma resposta a pedido do Ministério Público Federal (MPF).

Beto Richa foi preso na sexta-feira (25). O ex-governador é suspeito de ter recebido cerca de R$ 2,7 milhões em propina em um esquema de corrupção envolvendo as concessionárias de rodovias federais no Paraná. Segundo o MPF, foram desviados R$ 8,4 bilhões de obras rodoviárias e concessões do Anel de Integração no Paraná.

 

 

 

Bem Paraná- 31/01/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.