Paraná

Cansada de apanhar, mulher mata o marido, enterra o corpo no quintal e planta grama em cima

Um crime macabro aconteceu na cidade de Sarandi, Norte do Paraná, no mês passado, e só agora a Polícia Civil conseguiu localizar o corpo de um homem que estava desaparecido. Leandro Alves da Silva, 30 anos, casado com Maria Aparecida Souza, de 31, foi encontrado morto e enterrado no final da manhã de quarta-feira (16) no quintal da casa dele, na Rua Cristovão Colombo, Jardim Novo Panorama.

Maria Aparecida foi presa na manhã desta quarta-feira após ser investigada pelo desaparecimento de seu marido. A autora do homicídio contou que no dia 25 do mês passado usou uma barra de ferro para matar Leandro enquanto ele dormia no quarto do casal.

Depois de tirar a vida do marido, Aparecida colocou o corpo em uma carriola e o jogou em uma fossa que já tinha no imóvel. A assassina comprou terra de uma empresa de Sarandi para depois jogar por cima para ocultar o corpo. Ela colocou grama para não deixar pistas que no local tinha sido feito um buraco.

Segundo a polícia,  no ano de 2013 Leandro foi preso por agredir Maria Aparecida. Em depoimento na DP, a mulher confirmou realmente que estava cansada de apanhar do marido.

A Polícia Civil de Sarandi pediu uma máquina retroescavadeira da prefeitura para abrir o buraco para retirar o corpo do homem. Maria Aparecida não se mostrava muito arrependida, já que no momento em que foi colocada na viatura para ser levada para a delegacia deu risada para a população que estava do lado de fora da casa.

O delegado Reginaldo Caetano vai autuar a mulher por ocultação de cadáver e homicídio duplamente qualificado. O corpo de Leandro Alves foi encaminhado para o IML de Maringá.

 

do Portal Goionews

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.