Paraná

Cheia, Rodoviária de Curitiba tem aumento de objetos esquecidos’

A Rodoviária de Curitiba tem movimento intenso neste final de ano, com aproximadamente 66 mil pessoas embarcando até esta sexta-feira (28). Os destinos principais não poderiam ser outros: litoral do Paraná (que deve receber mais de 2 milhões de turistas) e o litoral de Santa Catarina. Mas, isso também faz aumentar o número de objetos esquecidos.

Nesta quinta-feira (27), a sala da administração da rodoviária estava repleta de objetos esquecidos por passageiros. Malas de viagem, malas de bebês e até mesmo prancha de surf eram alguns dos itens esquecidos no local. “A maioria do pessoal nem volta depois para buscar isso tudo”, comenta Élcio dos Anjos, gerente da rodoviária, explicando ainda que objetos como mochilas ficam por um mês no setor de achados e perdidos. Se ninguém for buscar, os objetos depois são doados para a Fundação de Ação Social (FAS).

Para recuperar algo perdido na rodoviária, contudo, é fácil: basta ligar na administração do terminal e informar a situação, detalhando o item esquecido com características bem específicas (como, por exemplo, o que há dentro da mochila). Depois, é só levar o documento pessoal para buscar o material.

 

 

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.