Brasil

Cliente da NET é vítima de assédio via WhatsApp por telemarketing

Quem nunca teve problemas como telemarketing que atire a primeira pedra. Mas a jornalista Ana Prado passou por uma verdadeira invasão de privacidade na última terça-feira (26) após entrar em contato com o serviço da NET. O atendente adicionou a jornalista no Whatsapp e tentou ‘puxar conversa’.

O rapaz disse à Ana Prado que ficou curioso para conhecê-la pois gostou da voz da moça. “Isso é invasão pra caramba. Inclusive, pode render processo pra você e pra empresa em que você trabalha”, disse a jornalista. O atendente afirmou que não voltaria a enviar mensagens à cliente, mas que manterá o número gravado.

“Nós temos acesso a todos os dados dos clientes”, retrucou o rapaz. Ele chegou a pedir desculpa pela “imensa invasão”, mas a frase pareceu irônica. No final, o operador disse: “Agora, caso queira me processar ou quem quer que seja, fique à vontade. Terei o prazer de ganhar a causa”.

Confira o post com a conversa

1 10478673_10207204612377572_1747409381023854204_n 11200913_10207204612337571_2845062364256414033_nParaná Online

 

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.