Araucária

Comitê propõe ações com base na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa de Araucária

Toda última quinta-feira do mês um comitê formado por representantes da Prefeitura de Araucária, Associação Comercial (Aciaa), Associação das Empresas da Cidade Industrial de Araucária (Aeciar), Ordem dos Advogados do Brasil e Associação dos Contabilistas de Araucária (Aca) se reúne para debater ações sobre a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (lei complementar nº 123/2006). Diversas ações em prol dos micro e pequenos empreendedores de Araucária saíram de discussões deste grupo. Outras instituições convidadas também participam das discussões.

Segundo o Sebrae, 56% da força de trabalho está na microempresa e, em Araucária, micro e pequenas empresas somam 95% da empresas do município. Por isso, pensar em políticas públicas para elas é algo muito importante para o desenvolvimento local. A implantação dao espaço do Empreendedor, a capacitação de empresários, a Campanha de Natal (incentivo ao comércio) e as compras governamentais (com foco nas micro e pequenas empresas) são ações que viraram realidade a partir das discussões do grupo.

Cada um dos encontros do comitê ocorre em um espaço cedido por uma das entidades envolvidas. Sebrae, Rotary, Câmara Municipal e Observatório Social de Araucária são algumas das instituições que também participam das discussões. A temática varia entre os tópicos previsto na lei nº 123/2006. Os encontros são abertos a outras interessadas.

Espaço – No Espaço do Empreendedor de Araucária, que fica no térreo da Prefeitura, onde os empreendedores contam com apoio para formalização, para concessão de alvarás, sobre obrigações e direitos, concessão de créditos, guias de impostos, entre outros. O espaço dispõe de um consultor do Sebrae que orienta sobre como vender, fluxo de caixa e outros assuntos de interesse. O horário de atendimento é o mesmo dos demais serviços oferecidos no Espaço Cidadão: das 9h às 12h e das 13h às 16h. Mais informações: (41)3614-1559.

Microempreendedor individual é aquele com negócio que fatura até R$ 81mil por ano e não tem participação em outra empresa como sócio ou titular. Entre as vantagens de ser MEI está poder ter registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que possibilita a abertura de conta em banco, a realização de empréstimos e a emissão de nota fiscal. O MEI é isento de impostos como o de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL e passa a contar com benefícios como auxílio-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria.

 

smcs

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.