Paraná

Curitiba tem o janeiro mais quente dos últimos cinco anos

O mês de janeiro termina nesta quinta-feira (31), mas já deixou sua marca: é o mais quente em Curitiba nos últimos anos. Calor igual o que foi registrado nestes primeiros 30 dias, só em 2014. As temperaturas máximas neste mês estão cerca de três graus acima da média. As mínimas também além da média. Nesta terça-feira (29), a máxima na Capital foi de 33,9ºC, a maior deste verão.

Segundo o meteorologista do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) Lizandro Jacobson, até esta terça a média de temperatura máxima no mês estava em 30ºC, quando a média histórica é de 27,1ºC. O mesmo acontece com as mínimas. Este janeiro já tem média de 18,1ºC, contra 17,5ºC da média anual.

Segundo Jacobson, as temperaturas máximas deste mês se assemelham com as de 2014, ano de muito calor também. Mas naquele ano o calor mais intenso foi a partir da metade do mês. Já neste ano, os valores elevados, principalmente durante as tardes, vêm desde o final de dezembro de 2018.

Outra razão para tanto calor neste ano é que as pancadas de chuva até têm ocorrido, mas fora do horário de pico das temperaturas. Ou seja, mais para o final da tarde e início da noite, sendo assim “a chuva não trava a subida da temperatura”.

Clima ameno
As altas temperaturas devem seguir ao longo desta semana. Um refresco está previsto para este domingo (3), quando deve chover, e a temperatura máxima baixa bem, ficando na casa dos 24ºC. A próxima segunda-feira também previsão de ser mais fria, com oscilação entre 17 e 20 graus na Capital. A primeira semana de fevereiro ainda deve ser de calor, mas com valores mais baixos do que os verificados em janeiro.

 

 

 

Bem Paraná- 30/01/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.