Brasil

Desemprego chega a 13,7% e já atinge 14 milhões de pessoas no Brasil

A taxa de desemprego bateu novo recorde no primeiro trimestre de 2017 e chegou a 13,7%, informou o IBGE na manhã desta sexta-feira (28). De acordo com o instituto, o desemprego já atinge 14,2 milhões de brasileiros. O número representa uma alta de 14,9%, ou 1,8 milhão de pessoas, com relação ao período entre outubro e dezembro, quando a taxa foi de 12%.

O desemprego aumentou também na comparação anual do indicador. No trimestre encerrado em março de 2017, a taxa estava em 10,9%. Isso significa que, em um ano, mais 3,1 milhões de pessoas passaram a procurar trabalho no país. Os dados constam da Pnad Contínua, a pesquisa oficial de emprego do instituto. O indicador é calculado por trimestre.

Na divulgação desta sexta, refere-se ao período entre janeiro e março de 2017. O IBGE detectou também um recorde negativo no número de trabalhadores com carteira assinada no país. No primeiro trimestre de 2017, foram 33,4 milhões de pessoas, o menor contingente desde o início da pesquisa, em 2012. Em um ano 1,2 milhão de pessoas deixaram de ter carteira de trabalho assinada.

O nível de ocupação —que representa o percentual de empregados entre todos os brasileiros com idade para trabalhar— também permanece em queda, chegando a 53,1% no primeiro trimestre, queda de 1,7 ponto percentual com relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo o IBGE, 88,9 milhões de pessoas têm ocupação hoje no país. Tanto o nível de ocupação quanto o número de ocupados foram também os menores da série histórica da pesquisa. O rendimento trabalhador ficou estável, diz o IBGE, tanto na comparação com trimestre anterior quanto com o mesmo trimestre de 2016, em R$ 2.110.

 

FOLHAPRESS

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.