AraucáriaPolícia

“Ele que me chamava e me ligava”, diz suspeito de estuprar adolescente de 12 anos

“Ele que fica me chamando, me ligando, mas eu nem conheço ele”. Foi isso que o suspeito de estuprar pelo menos seis vezes um adolescente, de apenas 12 anos, alegou. A afirmação foi feita em entrevista a Rede Massa.

Ao ser questionado pela equipe de reportagem, o homem negou as acusações em primeiro momento, mas acabou se contradizendo depois que a esposa confessou um desentendimento do casal por conta do contato do suspeito com a vítima. “Eu sou religioso, tenho dois filhos, enteados, três netos, não faço isso não. Tá repreendido”, disse o suspeito.

Depois de ouvir a própria voz na conversa do WhatsApp da esposa, em que ele ameaçava a vítima, o suspeito mudou o discurso. “Ele que fica me chamando, me ligando, mas eu nem conheço”, justificou.

A esposa, que estava ao lado do homem no momento da entrevista, confessou que leu toda a conversa entre o marido e a vítima. A mulher também contou que chegou a responder algumas mensagens, acreditando que fosse outro adulto tentando acabar com o casamento dos dois.

“Eu li toda a conversa, ele usava o meu celular. Não tinha ideia de que era um adolescente de 12 anos. Eu senti nojo, não quis mais dormir com ele”, contou. Após o desentendimento, a companheira pediu para que o homem pegasse suas coisas e fosse embora da casa, mas ele se recusou e ameaçou se matar.

Prisão

O suspeito foi preso na manhã desta quinta-feira (10), pela Polícia Civil de Araucária. O Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), investiga o caso.

De acordo com o delegado Thiago Wladyka, o homem confirmou que conversou com a criança, mas continua negando as acusações. Wladyka afirmou que espera que o suspeito continue preso, mas apontou que quem decide é o juiz de direito.

 

 

Massa News-11/01/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.