Paraná

Funcionário de cemitério curitibano fica chocado ao abrir sacola suspeita

Funcionário do Cemitério São Pedro, no bairro Umbará, fazia a limpeza do terreno quando encontrou uma sacola suspeita, na tarde desta sexta-feira (04). Quando abriu, ficou chocado: um bebê morto estava enrolado em mantas.

O trabalhador Arinaldo Ferreira contou que achou a sacola pesada e decidiu abri-la. Primeiro pensou que fosse um cachorro ou um gato morto. “Quando vi que era uma criança chamei o patrão, que disse para avisar a polícia”, relatou. Ele comentou não ter percebido movimentação estranha no cemitério.

A delegada Sabrina Alexandrino, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que ainda não é possível precisar se a criança foi vítima de aborto, ou nasceu e morreu logo em seguida.

“As circunstâncias apontam para que essa criança tenha sido arremessada para dentro do cemitério pelo muro. As perícias vão determinar a causa da morte e a autoria pela DHPP”, comentou a delegada.

PrOn

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.