Araucária

Guarda Municipal de Araucária salva bebê engasgado com leite materno

A MELHOR E MAIS GRATIFICANTE OCORRÊNCIA!!

Na madrugada da segunda-feira (20), a Guarda Municipal de Araucária, acostumada a atender roubos, furtos, brigas e desinteligência familiar, se deparou com uma situação que foge de tudo isso!

Eram 02h19 da madrugada quando a Central da GMA repassou:

Central: Viatura área 3, é a Central!
Área 3: Prossiga central!
Central: Vai deslocando pra rua Alfredo Rodrigues, no Capela Velha.
Área 3: Positivo! Em deslocamento.
Central: Situação de um bebê engasgado. Estou com o pai na linha.
Área 3: Deslocando com prioridade…

No local, a Guarnição se deparou com a bebê de menos de 2 meses com cianose (mãos e pés roxos) nas extremidades.

O pai desesperado, relatou que a bebê havia se engasgado ao mamar e que ele ficou sem reação diante da situação. Então ligou para o SIATE e também para a Guarda Municipal.

Imediatamente o GM Zanardini e a GM Chaiane acessaram a criança e passaram a realizar a manobra de Heimlich, até que a bebê voltasse a respirar.

Logo em seguida, chegou a viatura do SAMU com o médico e a criança foi levada ao HMA (Hospital Municipal de Araucária), onde teve tratamento especializado e passa bem.

“Pra nós Guardas Municipais é muito gratificante esse tipo de ocorrência. Todos os dias atendemos situações onde precisamos intervir, às vezes, até com o uso de força moderada…”

“Salvar a vida de um bebê tem valor inestimável para nós, operadores de Segurança Pública”, completou a Guarda Municipal Chaiane.

Redação com GMA

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.