Araucária

Instituto Ambiental do Paraná orienta que apenas pinhões maduros sejam colhidos

A colheita e a venda de pinhão estão liberadas no Paraná desde o dia 1° de abril. O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) destaca a importância de conciliar a comercialização do pinhão com a conservação da araucária, árvore símbolo do Paraná.

A espécie está ameaçada de extinção e, por isso, é necessário proteger a produção. Técnicos do IAP orientam a colheita apenas do pinhão maduro, que tem a cor vermelha.

Quando o pinhão apresenta cor verde, a pinha é um pouco esbranquiçada, tem alto teor de umidade e pode conter fungos, o que é prejudicial a saúde.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.