Araucária

Mais categorias anunciam adesão à greve geral; saiba quem vai parar em Araucária e Região

 Redação e BandaB

 

 

Centrais sindicais e movimentos sociais já dão como certa a adesão de diversas categorias na paralisação convocada para esta sexta-feira, 28, contra as reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB). As reformas da Previdência e trabalhista são os principais alvos. A greve geral ganhou corpo com o anúncio de adesão dos aeroviários dos maiores terminais do País e também dos funcionários dos Correios. Em Curitiba, motoristas e cobradores, frentistas, garis e outras caregorias também aderiram ao movimento. (Confira a lista completa abaixo)

a. Asseio Cavo (limpeza pública)
b. Repar Petroleiros
c. Metalúrgicos RMC
d. Motoristas e cobradores
e. Bancários
f. Vigilantes
g. Postos combustíveis do centro Curitiba e principais bairros
h. Marmoreiros
i. Servidores Campo Largo
j. Professores estaduais
k. Professores Campo Largo
l. Professores municipais CTBA
n. Saneamento Sanepar (empresa nega e diz que não haverá greve)
o. Alimentação PNGA
p. Metalúrgicos PNGA, Londrina, Maringá, Cascavel, Guarapuava, Irati, Pato Branco
q. Professores e técnicos Universidades Federais
r. Hospital de Clínicas (Sinditest / Andes)
s. Trabalhadores Saúde Estadual (Sindsaúde)
t. Servidores municipais e professores Araucária
u. Servidores Municipais São José dos Pinhais
v. Correios
w. Servidores municipais CTBA
– Professores CTBA / Rede Municipal
– Professores escolas particulares (Sinpropar)
– Professores ensino superior rede particular (Sinpes)
– Comerciários região central CTBA e SJP
– Indústrias Têxteis
– Indústrias Alimentação Bebidas
– Servidores Alm Tamandaré
– Servidores Incra
– Professores e funcionários universidades estadias
– Servidores do Incra
y. Frentistas

 

Nacional

Os aeroviários dos principais aeroportos brasileiros devem cruzar os braços, segundo o Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA). A categoria representa quem exerce atividades no solo, como serviços de check-in e bagagem. A maior parte dos funcionários do terminal de Guarulhos deve parar a partir das 6h da sexta-feira, diz a Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac). A expectativa é que só 30% trabalhem. Em Congonhas, também há confirmação de greve.

Segundo fonte ouvida pelo jornal O Estado de S. Paulo, entre as alternativas estudadas nos bastidores pelos aeronautas – categoria que reúne pilotos e comissários – está parar os voos com destino a Brasília ou que têm origem na cidade, para chamar a atenção dos parlamentares. Caso seja aprovado pelos representantes dos aeronautas, o ato coincidiria com a votação do parecer da reforma da Previdência.

Nos Correios, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect), a expectativa é que mais de 200 agências deixem de abrir.

Braços cruzados

Na capital paulista, metroviários, motoristas de ônibus e professores devem parar na sexta-feira. O Sindicato dos Metroviários e dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano prometem paralisação geral.

O governo paulista entrou com um pedido de liminar para que os funcionários do Metrô e da CPTM não parem suas atividades, mas o parecer do Ministério Público estadual foi contrário à ação. Entretanto, no fim da tarde desta quarta-feira,26, a Justiça acolheu o pedido de liminar e determinou que os trabalhadores não parem, sob pena de pagar multa de R$ 937 mil. A decisão é provisória e cabe recurso.

Os sindicatos que representam os professores da rede estadual de São Paulo, municipal e particular também prometem paralisar suas atividades. Além dessas categorias, metalúrgicos, bancários e petroleiros também aderiram à paralisação. Segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT), todas as categorias vinculadas à entidade aderiram à greve e vão parar em cidades dos 26 Estados e no Distrito Federal.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.