Araucária

Nos terminais de Araucária: Garoto Cidadão faz apresentação sobre consciência negra

Sentindo a necessidade de dialogar de forma mais ampla com a sociedade e aproveitando que em novembro é aberto um espaço de maior reflexão sobre a temática da consciência negra, o Projeto Garoto Cidadão de Araucária promoveu interações culturais nos ônibus, terminais da cidade, escolas e CRAS nos dias 16, 17 e 18 de novembro.

Os participantes fizeram pesquisas e desenvolveram o circuito de apresentações Ubuntu, com canto, dança, teatro e instrumentação musical. Inspirados no poema “Me gritaram negra”, de Victoria Santa Cruz, os educandos mesclaram sons de batuque com instrumentos de corda e chamaram a atenção de quem passava pelos locais escolhidos.

A intervenção “Negra Sou” destacou tópicos como igualdade, respeito e pertencimento, em contraposição a situações como preconceito e invisibilidade social. “Alguns dos nossos educandos relembraram vivências passadas durante o processo de produção do circuito. Durante as apresentações algumas pessoas do público também nos contaram experiências de vida relacionadas a preconceito e superação”, comenta a professora de teatro, Lisânia Silva.

Existente há oito anos no município de Araucária, o Garoto Cidadão atua em uma parceria firmada entre a Prefeitura e a Fundação CSN. O projeto atende crianças e adolescente em situação de vulnerabilidade social, com idade entre 8 a 17 anos, proporcionando atividades socioculturais no contra-turno escolar. Durante o tempo de permanência no projeto, os educandos têm aulas de música, teatro, dança, artes visuais, inclusão digital e desenvolvimento de habilidades e competências.

Fotos: Carlos Poly/SMCS

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.