Paraná

Número de casos de dengue cresce 20% em uma semana no Paraná

O número de casos de dengue no Paraná teve um aumento de 20% comparado ao último informe técnico divulgado na semana passada. O boletim, atualizado nesta terça-feira (16), contabiliza 5.541 casos, sendo 1.070 novas confirmações.

Houve um aumento no número de cidades em epidemia. Agora Foz do Iguaçu e Serranópolis do Iguaçu, ambas na região oeste do Paraná, também fazem parte da lista ao lado de outros 13 municípios. No total, 191 municípios já confirmaram casos da doença.

ZIKA – O novo informe técnico confirma 48 casos de zika vírus no Paraná. Nove casos autóctones (um em Londrina, um em Nova Prata do Iguaçu, dois em Maringá, dois em Paranaguá e três em Colorado) e 15 importados (um em Alto Piquiri, um em Campo Magro, um em Cianorte, um em Jussara, um em Matinhos, um em Rancho Alegre e nove em Curitiba). Outros 24 casos seguem em investigação para determinar se autóctones ou importados.

CAMPANHA – Instituições que tiverem interesse em ajudar na campanha, podem solicitar folhetos impressos com orientações para controle da infestação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O material deve ser previamente reservado pelos telefones (41) 3330 4423/4424 e retirados no prédio central da Secretaria estadual da Saúde (Rua Piquiri, 170. Rebouças. Curitiba/PR), em horário comercial.

A versão digital pode ser acessada pelo site www.saude.pr.gov.br. É só clicar no banner ‘O perigo aumentou – Dengue, Zika e Chikungunya’ na parte superior da página e fazer o download do cartaz, folheto, vídeo e spot da campanha.

Parceiros

Para atingir um número cada vez maior de pessoas, a Secretaria da Saúde está concretizando novas parcerias. Além dos trabalhos já realizados com diversas instituições, agora a Força Sindical do Paraná, a Companhia Paranaense de Energia (Copel), a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) também estão na luta contra a dengue.

“Estamos buscando novas parcerias todos os dias para que a mensagem sobre os cuidados com a dengue, zika e chikungunya cheguem a toda população do Estado. É o momento de unir nossos esforços para fortalecer e intensificar as ações”, salienta o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

As mobilizações no mês de fevereiro envolveram os 399 municípios do Paraná. Na manhã do sábado de Carnaval (6), os cidadãos paranaenses foram convidados a parar tudo o que estavam fazendo e acabar com os focos de água parada em suas residências ou locais de trabalho.

Novos parceiros intensificam o combate ao mosquito da dengue no ParanáO Exército brasileiro atuou junto aos órgãos estaduais e municipais de saúde no último sábado (13) e visitou 89 mil locais em 19 cidades do Estado. No Dia Nacional da Conscientização foram removidos 810 focos e quase 1 milhão de panfletos educativos foram distribuídos à população.

“Independente dos dias reservados às campanhas e mobilizações, contamos sempre com o apoio dos paranaenses. Todos precisam estar sempre atentos e manter cuidado constante para eliminar os possíveis focos do Aedes aegypti”, reforça Caputo Neto.

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.