Araucária

Profissionais da Educação de Araucária passam por formação sobre primeiros socorros

Por meio de uma parceria entre as Secretarias Municipais de Educação e de Saúde, Araucária retomou a formação sobre primeiros socorros para profissionais que trabalham nas unidades educacionais do município. O foco é que os participantes saibam identificar algumas situações de alerta para o estado de saúde de crianças e adultos, além de saber como proceder no chamamento da equipe de saúde para  o atendimento de urgência. Ao longo do mês de agosto serão 10 formações, sempre reunindo profissionais de duas unidades de educação infantil por vez. A primeira formação ocorreu nesta quinta-feira (04), no CMEI Professora Verônica Daneliu e teve também a presença de profissionais do CMEI Plínio, outra unidade da região. Todos os profissionais das unidades de Educação passarão por esta formação.

A formação dos profissionais da Educação ficou a cargo de profissionais do SAMU de Araucária, serviço da Secretaria de Saúde. O conteúdo tem a parte teórica e prática e visa orientar e treinamento sobre como proceder em casos, por exemplo, de parada cardíaca, falta de oxigênio, afogamento, engasgamento com alimento… Vale ressaltar que o foco é que os profissionais da Educação saibam como colaborar (o que fazer e o que não fazer) nos cuidados com a vítima até que a equipe de urgência e emergência chegue ao local. 

Por ocasião da pandemia de Covid-19, somente agora foi possível retomar a formação sobre atendimentos de primeiros socorros para os profissionais da Educação. Em 2019, última edição do curso, foram formados 789 profissionais. Para a Secretaria Municipal de Educação, esta é uma grande oportunidade de preparar os profissionais para situações que possam ocorrer nas unidades ou em âmbito pessoal. Para a Secretaria de Saúde, esta formação contribui para levar informações e práticas de saúde a outros espaços de convivência. Esta parceria também renderá outras capacitações em saúde, bem como produção de materiais formativos em vídeo, podcast e impressos para apoio às equipes das unidades educacionais.

LEI – Uma das referências para essa formação é a lei Lei Lucas (lei federal 13.722/18). Ela, já no artigo 1º, obriga os estabelecimentos de ensino de educação básica da rede pública e os estabelecimentos de educação básica e de recreação infantil da rede privada a capacitar os profissionais para ter noções sobre primeiros socorros. Dessa forma, os profissionais desses estabelecimentos de ensino devem saber como “identificar e agir preventivamente em situações de emergência e urgência médicas, até que o suporte médico especializado, local ou remoto, se torne possível”.

SCMS Araucária

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.