Paraná

Reunião no Ministério Público pode definir greve dos motoristas e cobradores para esta terça-feira

Uma reunião no Ministério Público do Trabalho (MPT), que acontece desde às 9h de hoje, pode definir a situação de motoristas e cobradores de Curitiba e Região Metropolitana, que prometem cruzar os braços amanhã, se não tiverem seus direitos e reivindicações atendidos. Em assembleia na última sexta-feira,os trabalhadores aprovaram a greve para esta terça-feira.

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc), Dino César Morais de Mattos, os trabalhadores estão abertos às negociações, no entanto, um fator será decisivo. “Participaremos da reunião, mas somente o pagamento da primeira parcela do 13º do trabalhador pode evitar a greve. Algumas empresas já fizeram este pagamento, outras prometeram fazer o depósito ainda hoje. Mas cerca de 20 empresas ainda não efetuaram o pagamento e nem garantiram que irão realizá-lo. Isto representa cerca de 10 mil trabalhadores. Esperamos que todas paguem, para não prejudicar os trabalhadores e não afetar a população”, esclarece.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp) afirma que aproveitará a reunião para discutir o problema da falta de recursos para o pagamento de salários aos motoristas e cobradores. “As empresas de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana esperam encontrar uma saída para que a população e os trabalhadores do sistema não sejam ainda mais prejudicados”.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.