Araucária

Se sentiu lesado em suas compras? Procure o PROCON de Araucária

Os consumidores de Araucária passaram a contar com um Procon Municipal desde 23 de maio. A unidade de Araucária, sob gestão da Prefeitura, quer aproximar consumidores e fornecedores visando a solução de impasses, prioritariamente, por meio de conciliação. Profissionais da área de Direito farão o atendimento por meio de senhas disponibilizadas de acordo com ordem de chegada.

O Procon Araucária já estava previsto em 2005 (lei nº 1.610/2005), mas só agora saiu do papel graças a uma ação em conjunto da Prefeitura com o Ministério Público. O atendimento é das 8h às 14 horas no prédio onde funcionava a Codar (Rodovia do Xisto nº 5815, Sabiá); junto à Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE).

Fatura errada, atraso na entrega, serviço não prestado e cobrança indevida são alguns dos problemas comuns sofrido pelos consumidores. O questionamento via Procon vale para produtos e serviços adquiridos em qualquer parte do país, inclusive, de empresas como a Copel, a Sanepar, telefonias e bancos em geral.

A audiência de conciliação visa chegar a um acordo bom para as partes envolvidas. O Procon Araucária vem para garantir proteção, orientação, defesa e educação (instrução) do consumidor, por meio de ações articuladas com outros órgãos, visando a defesa dos seus direitos. O Código de Defesa do Consumidor (lei federal nº 8.078) foi instituído em 1990.

Os consumidores podem entrar em contato com o Procon Araucária pelo telefone (41)3901-5155.

Site – O Procon Araucária conta com uma página na internet com informações aos consumidores. Entre as orientações está a seção “Perguntas frequentes”, um espaço com respostas para dúvidas bem comuns. O endereço do site éwww.araucaria.pr.gov.br/procon 

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.