Araucária

Segundo sindicato dos funcionários, Médicos terceirizados de Araucária também entrarão em greve

O Sindicato dos Servidores de Araucária postou me sua página do Facebook, na noite de ontem (25), uma matéria sobre uma possível paralisação dos médicos terceirizados em Araucária. Segundo o sindicato, os médicos estão com seus salários atrasados e a empresa pela qual são contratados ainda não recebeu o repasse da prefeitura. Ainda segundo o sindicato, a categoria não recebe um reajuste salaria a mais de três anos. Nossa redação irá entrar em contato com a prefeitura para saber mais detalhes, do  por enquanto, boato de paralisação dos médicos.

Confira na íntegra  o texto postado pelo SIFAR ARAUCÁRIA

CAOS EM ARAUCÁRIA: MÉDICOS TERCEIRIZADOS TAMBÉM ENTRARAM EM PARALISAÇÃO

A cidade enfrenta situação caótica no serviço público

Na semana passada a cidade de Araucária ainda enfrentava o acumulo de lixo pela cidade devido a falta de pagamento da empresa Transresíduos que realiza a coleta na cidade.
Essa semana já começou com a greve no transporte público por falta de repasses para a empresa TRIAR – Transporte Integrado de Araucária. Hoje é a vez dos médicos terceirizados da cidade paralisarem. Como já não bastasse os médicos terceirizados não terem reajuste salarial por três anos, direitos a auxilio alimentação, décimo terceiro e outros benefícios básicos, a atual gestão da prefeitura de Araucária não fez o repasse para a empresa para o pagamento dos salários desses profissionais. A prefeitura ainda não deu nenhum parecer sobre uma nova data para efetuar o pagamento da categoria. Os médicos terceirizados já haviam sofrido pelos atrasos em seus salários em outros meses, porém desta vez a prefeitura que deveria ter efetuado o pagamento na sexta-feira passada ainda não deu nenhuma previsão sobre o dia que os salários serão depositados.

A situação da segunda cidade em arrecadação do estado do Paraná está cada vez mais caótica! Funcionários terceirizados da área da limpeza vêm sofrendo com o parcelamento do seu vale alimentação que foi fracionado em três vezes, o que dificulta a permanência e uma refeição adequada para os trabalhadores. Já reajuste no Vale Alimentação dos servidores públicos concursados que virou lei em junho ainda não foi pago. Lembramos que para este reajuste foi repassada verba da câmara municipal para a prefeitura fazer este pagamento.

Todos os servidores públicos do município também podem paralisar nos próximos meses. A prefeitura afirma que está quebrada e que só pagará salários se cortar vários direitos e não pagar fornecedores. Os servidores podem ficar sem o 13º salário e sem o pagamento de férias. Para completar o combo de desrespeito com os trabalhadores, o próprio prefeito orientou os secretários a não conceder as férias garantidas por direito aos servidores.
Além disso, o problema do lixo ainda não foi totalmente resolvido. A coleta de lixo só está garantida até o próximo mês! Já o empenho para a compra de gasolina que garantiria o funcionamento dos carros da prefeitura para o próximo mês ainda não foi realizado.

Tudo isso vem como uma bomba para os servidores e moradores da cidade que sofrem as consequências da má gestão do prefeito Rui Souza.

Neste momento em que a resposta deveria ser o corte dos CC s Cargos Comissionados a prefeitura está nomeando mais CCs.
Os sindicatos SIFAR E SISMMAR (sindicatos do funcionalismo público) irão se reunir amanhã com o prefeito Rui Souza para buscar respostas para o desastre que está ocorrendo na cidade. Queremos um retorno para pergunta que está presa na garganta de todos os trabalhadores: CADÊ O DINHEIRO DE ARAUCÁRIA SR PREFEITO?

LINK ORIGINAL DA MATÉRIA:

https://www.facebook.com/sifararaucaria/photos/a.108395652661725.17684.108381472663143/696942967140321/?type=3 

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.