AraucáriaParaná

Siate chega rápido, mas não consegue salvar mulher alvo de 6 tiros

Valdirene Olcheski da Silva, de 40 anos, foi morta a tiros na noite deste domingo (13), no cruzamento da Rua das Dálias com a Rua Brinco de Cigana, no Jardim Tupy, bairro Campina da Barra, em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba. O que poderia ter motivado o crime ainda é uma informação desconhecida para a polícia.

Segundo a PM, os socorristas do Siate foram acionados para o local por volta das 20h. Mesmo com a chegada rápida, Valdirene não resistiu aos ferimentos. Foram pelo menos seis perfurações pelo corpo.

A Tribuna do Paraná apurou que a mulher foi executada com tiros de pistola ponto 40. Valdirene, que tinha dois filhos, não teria nenhum envolvimento com as drogas ou com crimes. O assassinato é investigado pela Delegacia de Araucária.

 

Info: PrOn — Fotos: Colaboração/ Marco Charneski.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.