Araucária

SINDICATOS DE ARAUCÁRIA DIZEM: Não tem negociação, mas tem provocações contra grevistas

Do SISMMAR
O prefeito Olizandro não negocia com servidores, mas não está alheio aos movimentos dos grevistas. Exemplo são as situações de provocação que começam a pipocar

 

Desde o início da greve têm aparecido cinegrafistas para registrar as falações. Os servidores vêem. Sabem o que eles fazem ali. Até sentem indignação pela baixa honradez do prefeito, cujo único canal de contato com os servidores é por meios destes “espiões”. Porém, preferem ignorar. Não aceitam a provocação. E esses cinegrafistas até quase se sentem quase parte do movimento.

Nesta segunda-feira veio nova provocação. Durante o bloqueio da Rodovia do Xisto apareceu um caminhão de som com placa ADB 7386, de São José dos Pinhais, tocando música eletrônica bem alta. Neste caso, os grevistas fizeram pressão até que o provocador baixou o som e se retirou do local.

O mesmo carro de som apareceu à tarde na frente da Prefeitura, onde os manifestantes se concentravam. Mas chegou depois de terminada a assembleia. Apenas evidenciou que o objetivo é realmente perturbar. De graça, não deve ser. Alguém deve estar pagando. Com dinheiro público ou de fontes terceiras.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.