AraucáriaPolícia

Suspeito de integrar quadrilha que rouba residências é preso em Araucária

Um homem, de 35 anos, suspeito de integrar uma associação criminosa especializada em roubos a residências, foi preso nesta quinta-feira (27), no bairro Campina da Barra, em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. A prisão foi feita pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) da capital.

Na residência do suspeito foram cumpridos mandados de busca e apreensão domiciliar e de prisão pelo crime de roubo agravado. No local, os policiais apreenderam aproximadamente 240 gramas de maconha e 37 gramas de crack, além de alguns objetos eletrônicos e utensílios domésticos de origem duvidosa.

Conforme investigações levantadas pela especializada, o homem foi reconhecido na participação de pelo menos dois roubos a residência ocorridos no início do ano, nos bairros Mercês e Jardim Social. Outros dez membros da quadrilha, entre eles dois adolescentes, já haviam sido autuados pela DFR, ao longo das diligências ocorridas nos últimos três meses, no qual foram reconhecidos pelas vítimas, suspeitos de participarem de cinco roubos em diversas residências da capital.

Ele não resistiu à prisão e nega a participação nos roubos. Com a apreensão das drogas, o homem também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

O homem já possuía passagens criminais por tráfico de drogas e receptação. Ele agora responderá por tráfico de drogas e roubo agravado. Ele permanece preso à disposição da Justiça.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.