Paraná

Três são presos por comercializar pinhão fora de época

Três pessoas foram detidas em Clevelândia, no Sudoeste do Paraná, nesta semana, por comercializarem pinhão fora do período permitido. Segundo o sargento Charles Civa, comandante da Polícia Ambiental na região, foram recolhidos 108 quilos da semente, que eram vendidos em uma barraca à beira de uma rodovia próxima ao município.

Os detidos responderão por crime ambiental, com pena que varia de seis meses a um ano de detenção, além de multa. A venda dó pode ser iniciada a partir do dia 15 de abril, perdurando, ainda, pelos meses de maio e junho. Em 2015, a colheita no Paraná foi permitida já em 1.º de abril. A limitação temporal para a prática é necessária para que seja respeitado o período de maturação da pinha. Além disso, o pinheiro-do-paraná está ameaçado de extinção, portanto não pode haver exploração indiscriminada da espécie.

 

PRON

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.