AraucáriaPolícia

Triplo homicídio em Araucária pode ter sido motivado por Guerra entre facções

Uma guerra entre facções teria motivado o triplo homicídio no bairro Capela Velha, em Araucária, na noite do último sábado (15). Pelo menos, essa é uma das linhas de investigação seguida pela Delegacia de Araucária para decifrar as mortes de Adenilson de Jesus de Meira, Lucélia Fabrício e Rodrigo Carvalho da Silva.

Os três foram assassinados com vários tiros dentro de um carro. Conforme informações recebidas pela reportagem, o alvo seria Adenilson, condutor do Ford Ka. Como a esposa e o amigo dele estavam juntos, acabaram executados como queima de arquivo. “Após tomar ciência desse fato, foi instaurado o inquérito policial e as equipes estão em diligência para tentar identificar o indivíduo que praticou esse crime bárbaro”, disse o delegado Tiago Wladyka, responsável pelo caso

A morte teria sido ordenada pelo Comando Vermelho (CV) junto com o PGC (Primeiro Comando Catarinense), que estariam em guerra contra o PCC (Primeiro Comando da Capital) no Paraná. “A gente está investigando essa possibilidade. É uma das linhas de investigação, mas não podemos afirmar que teria sido por isso”, afirmou o delegado.

A guerra entre facções teria motivado uma execução dois dias antes, na Cidade Industrial de Curitiba.

Redação com Banda B

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.