Araucária

Umidade do ar mais baixa no frio exige cuidados extras

O inverno é a época do ano de mmenor umidade relativa do ar, o que exige atenção maior com a saúde. Na semana passada a umidade já ficou baixa em boa parte do Paraná, abaixo até dos 40%, que é o último nível de conforto corporal. Ultrapassada esta marca para baixo, começam os níveis de atenção (30%), alerta (20%) e emergência (12%).

Nesta semana, apesar da possibilidade de chuviscos na Grande Curitiba, a umidade deve oscilar, especialmente durante a tarde. Ontem, com céu encoberto e frio, Curitiba teve registro de umidade na casa dos 50%.
Em momentos de baixa umidade a principal recomendação é ingerir muita água. Manter-se hidratado ao longo do dia reduz o desconforto além de evitar problemas de saúde. Se a umidade cair a níveis de alerta, é necessário evitar atividades físicas. As vias aéreas e os olhos também podem incomodar pela falta de umidade.
Nos dias mais frios do inverno também é comum que as pessoas utilizem aquecedores no ambiente. Esse tipo de equipamento pode deixar o clima mais seco dentro de casa. É preciso manter a ventilação nos ambientes internos, apesar do frio.

como se defender do clima seco
Hidratação é imprescindível. Beba mais água, sucos naturais ou água de coco
Devem ser feitas refeições leves, com frutas e legumes incluídas
Evite as atividades físicas mais pesadas quando a umidade cair muito
Com o clima frio e seco, os lábios e a pele sofrem. Hidratantes e protetores ajudam
Quem tem problemas nas vias aéreas, pode apelar para os soros fisiológicos
A instalação de aquecedores deve seguir as recomendações técnicas. O uso de aquecedores elétricos e a gás precisa ser feito de forma segura

 

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.