Paraná

Urbs recorre de decisão que adiou aumento da tarifa

A Urbs anunciou que recorreu da liminar que suspendeu parcialmente o reajuste da tarifa do transporte coletivo de Curitiba, que estava previsto para entrar em vigor nesta quinta-feira (28). De acordo com a Justiça, o aumento passa a valer no dia 25 de março.

O argumento da Urbs é que o preço da passagem permaneceu inalterado por dois anos e o reajuste está abaixo da inflação – 5,8% contra 6,7%. Além disso, “é uma das medidas de equilíbrio financeiro para ajudar a manter os serviços de transporte em pleno funcionamento e também para implantar melhorias no sistema”. A Urbs informou ainda que o novo valor “será aplicado imediatamente à rede de transporte”.

“Além de necessário para a manutenção dos serviços, o reajuste garante a sustentabilidade financeira do sistema e a continuidade do processo de melhoria, cuja frota vem sendo renovada nos dois últimos anos”, divulgou a Urbs.

 

 

 

Massa News

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.