AraucáriaPolícia

Sócio de empresa de vigilância é assassinado em possível assalto em Araucária

Um crime em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, na noite desta quinta-feira (14), terminou com um dos sócios de uma empresa de segurança morto a tiros depois de um possível assalto. O caso aconteceu na sede da empresa que fica na Rua Júlia Theresa Bini, quase com a Avenida Brasil, no Centro da cidade metropolitana.

O tenente Willian, do 17º Batalhão da Polícia Militar, explicou que, de acordo com o outro sócio da empresa, um homem armado invadiu o local e deu voz de assalto às vítimas, que terminou na morte de Célio Roberto Soares de Campos, de 35 anos.

“A equipe chegou no local e foi constatado que seria um suposto latrocínio (roubo seguido de morte). O assaltante chegou a pé, pediu carteira e celular e disparou contra um dos sócios que fez menção de levantar”, contou o tenente.

O delegado de Araucária Thiago Wladyca relatou que a vítima fatal levou um tiro pela frente, e detalhou o que a outra vítima relatou de forma informal à Polícia Civil. “Falou que ouviu o tiro porque o seu sócio fez um movimento mais abrupto. Afirmou ainda que a vítima não tinha, aparentemente, nenhuma inimizade”, afirmou.

A hipótese de latrocínio ainda não foi confirmada, do mesmo jeito que a suspeita de homicídio não foi completamente excluída.

 

 

 

Empresário foi morto a tiros (Foto: Facebook)
(Foto Capa: Colaboração Ricardo Pereira/Rede Massa)

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.