Paraná

Subsídios garantem tarifa de R$ 4,50 até fevereiro de 2020, diz presidente da Urbs

O presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Pedro Maia Neto, afirmou que os subsídios da prefeitura e do governo do Paraná devem garantir o valor da tarifa do passageiro em R$ 4,50 até fevereiro de 2020. A declaração foi feita em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22), depois que a prefeitura anunciou o aumento de R$ 0,25 na passagem do transporte coletivo.

“Nós estamos trabalhando para reduzir os custos do sistema, aumentando faixas exclusivas e otimizando os recursos. Dessa forma, junto com os subsídios, vamos garantir a tarifa social nesse preço até fevereiro de 2020”, disse o presidente.

Para ele, o novo reajuste deve ser comemorado pela população, porque ficou abaixo da inflação. “A última vez que a passagem subiu foi no começo de 2017, lá no início da gestão. Agora, dois anos depois, ela aumentou 5,8%, sendo que o índice de inflação está em 6,8%. A prefeitura subsidia R$ 50 milhões e o governo estadual R$ 40 milhões, que vão direto para a tarifa. Fora outros R$ 50 milhões do estado voltados para a realização de obras no sistema viário”, completou.

Enquanto o valor desembolsado pelo usuário deve permanecer em R$ 4,50, a tarifa técnica ainda deve sofrer reajuste, segundo Maia Neto. De R$ 4,79, ela vai passar para R$ 5,20 em abril. “A tarifa técnica sempre sobe quando há desequilíbrio no sistema, com o aumento do valor de insumos, dos salários, ou a incorporação de novos ônibus, por exemplo. Todos esses custos compõem de forma não linear esse cálculo”, afirmou o presidente.

Nova tarifa

A nova tarifa social passa a valer a partir do dia 28 de fevereiro. O usuário pode recarregar o cartão transporte com o preço atual de R$ 4,25 até o dia 27, com o valor máximo de R$ 800.

Banda B – 22/02/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.