AraucáriaSaúde

DIA D: Maioria das unidades básicas da área urbana atenderá neste sábado (23) para vacinação contra a febre amarela

A grande maioria as unidades básicas de saúde da área urbana de Araucária estará aberta no próximo sábado (23), das 8h às 17 horas, exclusivamente para a vacinação contra a febre amarela. A exceção será as unidades do Padre Chico, Alvorada e Vila Angélica. A vacina é destinada a pessoas de 9 meses a 59 anos. Quem já recebeu uma dose da vacina (mesmo que há muito tempo) não precisa de outra; já está protegido. A recomendação é que o usuário leve carteira de vacinação e um documento de identificação. No caso de quem não tem como comprovar ter tomado a vacina, a recomendação da Saúde é para que a vacina seja fornecida.

Araucária não tem casos registrados de febre amarela. E para o município continuar sem casos é que a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) está com diversas estratégias para intensificar a vacinação voltada para quem nunca tomou a dose. Todas as unidades básicas de saúde de Araucária estão realizando a vacinação de segunda a sexta-feira. As senhas da sala de vacinação estão sendo entregues, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30 nas unidades da área urbana e das 8h30 às 16h na área rural.

Sobre o Dia D, é importante esclarecer que a Vila Angélica já realizou vacinação contra a febre amarela no último sábado (16), durante o evento do Gestão Itinerante de Saúde. No caso das unidades do Jardim Alvorada e do Padre Chico, elas não abrirão no dia 23 porque, de acordo com a SMSA, já vem ocorrendo um importante trabalho de vacinação na região e que envolve as muitas empresas.

Ao longo desta semana (18 a 22 de fevereiro), a vacinação também ocorre na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), das 18h às 21 horas. No interior, as equipes de Saúde estão indo de casa em casa em alguns sábados para levar a vacina quem nunca tomou.

Ressalvas – Pessoas acima de 60 anos, gestantes, mulheres amamentando, pessoas que apresentam reação alérgica grave a ovo e pessoas com HIV/AIDS devem buscar orientação com os profissionais de saúde para avaliar se a vacinação nesses casos é recomendada ou não. Bebês menores de 9 meses, pessoas que passam por quimioterapia ou radioterapia, transplantados são exemplos de algumas das situações em que a vacina não é indicada. Os profissionais de saúde da unidade básica mais próxima podem esclarecer quaisquer dúvidas sobre quem pode ou não ser vacinado. A dose única da vacina contra a febre amarela precisa de 10 dias para o organismo criar os anticorpos e garantir a proteção.

 

 

Prefeitura de Araucária

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.