Araucária

Transresíduos voltará a fazer a coleta de lixo em Araucária

O impasse da coleta de lixo em Araucária parece estar chegando ao fim. Durante esta terça-feira, a empresa transresíduos ganhou a licitação do contrato emergencial. A prefeitura postou em sua página do facebook uma nota sobre o ocorrido:

A decisão da Prefeitura de Araucária em não renovar o contrato do serviço de coleta de lixo, que terminou recentemente, permitiu que o município conseguisse realizar um novo contrato que preza pela economia aos cofres públicos. De forma surpreendente, a Transresíduos, empresa que já prestava o serviço e que queria R$ 736,5 mil/mês na prorrogação para continuar executando o serviço, entrou na disputa e ofereceu R$ 585 mil/mês para o atendimento. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o valor da economia com o contrato emergencial chega a R$ 168 mil/mês levando em conta que antes a empresa tinha que recolher 2.200 toneladas e com o novo contrato 2.300, sem pagar a mais por isso. A Transresíduos deve voltar a realizar o serviço até esta quinta (13).
Muito se especulou sobre o que ocorreu nestes últimos dias. Chegaram a acusar a Prefeitura de “deixar vencer” o contrato, como se contratos não tivessem data para terminar. O que a Prefeitura fez foi recusar (o que é um direito seu) a prorrogação de um contrato cujo valor estava acima do que ela considera justo pagar pelo serviço. Convém ressaltar que a ação realizada pela Prefeitura foi exclusivamente contra o valor cobrado e nunca contra a empresa que presta serviços; empresa esta que continuará a recolher os lixos comum, reciclável e hospitalar até uma nova licitação definir a empresa que assinará contrato para 60 meses de atendimento.
Em tempos de crise, cada real é importante para ajudar a equilibrar as contas municipais garantindo respeito no uso do dinheiro público. A Prefeitura lamenta o transtorno neste período de transição entre os contratos, mas defende que a decisão fez-se necessária e visa exclusivamente garantir um serviço adequado e sem prejuízo aos cofres públicos.
Sobre a contratação emergencial é importante destacar que é uma medida legal e que se justificou na certeza de que era possível ter um serviço como o que ocorria por um preço bem menor. Mais questionável que a não prorrogação seria renovar um contrato com valor acima da média atual contrariando as práticas responsáveis de administração pública.

A coleta deverá ser normalizada na cidade até a próxima quinta-feira.

 

(Foto: Adão Henrique)

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.