Araucária

Araucária discute atualização das leis ligadas à infância e juventude

O prefeito Rui Souza recebeu hoje (13) o vereador Paulo Horácio no Salão Nobre da Prefeitura. Na ocasião foi entregue um documento que propõe a revisão, ratificação e atualização da legislação municipal referente à infância e juventude. O novo texto sugere diversas mudanças, dentre elas a unificação das leis do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA) e do Conselho Tutelar para única Lei da Infância e da Adolescência de Araucária.

O Conselho Municipal da Criança e do Adolescente irá fazer uma leitura criteriosa do texto e fará uma resolução sobre o assunto para enviar à Câmara Municipal. O promotor de justiça, David Kerber de Aguiar, encarou com entusiasmo a discussão para mudança na lei. “Essa lei sendo aprovada, vai representar para o futuro de Araucária uma grande diferença em atendimento para área da infância e juventude”, avalia.

O promotor elogiou ainda alguns pontos específicos do texto, exemplificando o tópico que abrange a remuneração do servidor em alguns casos: se não está cumprindo suas funções, tem a redução dos vencimentos e houver afastamento judicial, não recebe. O que não estimularia maus servidores.

A presidente do CMDCA, Vivian Graboski, agradeceu o apoio obtido para que esse texto pudesse ser elaborado e elogiou o resultado final. “Essa proposta de lei ficou digna de ser copiada por outros municípios”, diz Vivian.

Uma das principais mudanças propostas pelo texto é a criação de mais um Conselho Tutelar para a cidade. Outra intenção de destaque é tornar a liberação dos recursos do Fundo Municipal da Infância e da Adolescência menos burocrática.

 

Redação com SMCS

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.