AraucáriaPolícia

Mortes em Casa de Custódia são esclarecidas pela polícia

Três detentos assumiram a autoria do assassinato de outros três homens, mortos no final da tarde de domingo (14), na Casa de Custódia de Curitiba (CCC), onde cumpriam pena. A situação aconteceu logo depois do horário de visitas e, nesta segunda-feira (15), a Polícia Civil esclareceu o caso.

De acordo com o delegado da Central de Flagrantes, Fábio Machado, o inquérito já foi resolvido, visto que os detentos suspeitos assumiram a autoria do crime. Os homens teriam matado as vítimas com golpes de estoques, ferramentas produzidas com barras de ferro. Os mortos foram localizados dentro de uma das celas da carceragem.

A polícia informou que, conforme o relato dos suspeitos, o assassinato teria acontecido por desavenças pessoais entre os presos. Outros dois detentos estavam na cela quando os corpos foram encontrados, e foram ouvidos como testemunhas. Os suspeitos devem responder por homicídio.

Em nota, o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), identificou os mortos como Giuseppe Luis dos Santos, de 36 anos, Marcos Germano dos Santos, também de 36 anos, e Bruno Aparecido Guedes, de 30 anos. Além disso, informou que “um inquérito policial foi instaurado para apurar a motivação do crime, como também, um procedimento administrativo interno.”

Colaboração Daniela Borsuk/ Polícia Civil

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.