Brasil

Corpo de paranaense grávida de cinco meses é identificado em Brumadinho

O corpo da paranaense Fernanda Damian de Almeida, que estava na lista de desaparecidos com o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), foi identificado. A confirmação foi feita pelo Instituto de Identificação de Minas Gerais. A família da jovem recebeu a confirmação na noite deste sábado (16).

Fernanda estava grávida de cinco meses e estava com o noivo na pousada que foi destruída pela lama da barragem. Atualmente, os dois estavam morando na Austrália e vieram ao Brasil em férias. Além do casal, o pai, a madrasta e a irmã do noivo também estavam na pousada.

A barragem da Vale se rompeu no dia 25 de janeiro. A lama destruiu um refeitório, o prédio da mineradora, a pousada, casas e vegetação.

165 mortos confirmados

Até este domingo (17), as autoridades contabilizaram 165 mortes confirmadas, 160 corpos identificados e 155 desaparecidos.

Noel Borges, que é de Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, também está na lista de desaparecidos. Ele era funcionário de uma empresa que prestava serviços para a mineradora Vale.

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.