Polícia

Policial militar é baleado em suposta tentativa de assalto ao pedir informações na RMC

Um policial militar de 33 anos foi baleado em um suposto assalto na noite desta terça-feira (5), no Jardim Guarani, Campo Largo, região metropolitana de Curitiba. Ele teria parado em um posto de combustível para abastecer e pedir informações, quando foi alvejado por um grupo de criminosos. O policial foi atingido por dois disparos de arma de fogo no quadril.

De acordo com informações preliminares no local, o policial voltava de uma viagem com a namorada, em um Voyage, e teria parado no posto, que fica no quilômetro 104 da BR-277, para abastecer e logo sem seguida pedir informações. Testemunhas disseram que o policial se aproximou de um grupo de jovens que estava no local e baleado, após uma discussão.

O soldado foi socorrido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e por um médico do Samu com dois tiros na região do quadril. Encaminhado ao Hospital Nossa Senhora do Rocio em estado grave.

Segundo a Polícia Militar (PM), os quatro homens envolvidos no disparo contra o policial fugiram. Há informações de que um Renault Logan estaria envolvido na situação, no entanto nada foi confirmado pela PM.

Em rápido depoimento, a namorada do policial, que estava dentro do carro, afirmou que não ouviu a conversa e, por isso, não sabe dizer exatamente o que aconteceu.

A polícia chegou a fazer patrulhamento pela região, mas até o começo da madrugada dessa quarta-feira (6) ninguém tinha sido encontrado. O caso seguirá investigado pela Polícia Civil.

O policial militar está estável e não corre risco de morte. Ele permanece internado.

 

Banda B

 

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.