AraucáriaRedação

Araucária sem coleta de lixo; Licitação com a Transresíduos venceu e não foi renovada pela prefeitura

Por Aécio Novitski / Da Redação

Desde as 18 horas desta sexta-feira, Araucária passa por uma situação complicada no quesito coleta de lixo. A licitação com a empresa Transresíduos venceu e os trabalhadores foram orientados a recolher os caminhões para o pátio da empresa.

Segundo informações de um dos fiscais que entrou em contato com nossa redação, o contrato com a prefeitura venceu a poucos dias e nenhum indício de renovação aconteceu por parte do município. Durante toda a sexta feira, a coleta aconteceu normalmente, mas no início da noite, horário de pico da coleta de lixo, os trabalhadores não puderam ir as ruas da cidade. Ainda segundo o fiscal, a empresa fez o  possível nos últimos dias, mas não pode prestar um serviço de forma irregular, sem contrato, sendo assim a cidade poderá ficar sem a coleta de lixo não só hoje, mas  por vários dias.

Nossa redação entrou em contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura que nos informou que realmente o contrato com a empresa terminou no ultimo dia 6 e desde então a Prefeitura estuda uma forma da realização de um contrato emergencial, tendo visto que o contrato atual estava sendo superfaturado analisando os valores pagos por municípios vizinhos. Ainda segundo a Prefeitura, o contrato emergencial deverá ser feito até no máximo segunda feira.

Ainda não há previsão para que a coleta de lixo volte a funcionar em Araucária.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.