ParanáPolícia

Megaoperação do Bope apreende submetralhadora, fuzis e quase 50 kg de explosivos na Grande Curitiba

Uma submetralhadora, dois fuzis, quase 500 munições de calibres restritos, vários carregadores de arma longa, mais de R$ 4 mil em dinheiro e 36kg de emulsão explosiva (21 cartuchos) foram apreendidos durante uma megaoperação desencadeada pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE) na Capital do estado e na Região Metropolitana de Curitiba nesta terça-feira (31/10). O objetivo das ações eram intensificar o policiamento nos eixos de transporte coletivo, combater furto e roubo, recuperar veículos, bem como apreender armas e drogas e capturar foragidos da justiça. Dez pessoas foram encaminhadas (oito adultos e dois menores apreendidos). Os resultados foram apresentados no final da manhã desta quarta-feira (1º/11) no Cope, em Curitiba.

“O que chama a atenção é que esta ação do BOPE chegou também ao crime organizado apreendendo grande quantidade de material explosivo, armamento pesado, possivelmente usado para roubo a bancos e explosão de caixas eletrônicos, além de munição e coletes balísticos. Isto demonstra a necessidade de se termos operações como esta e, por isso, é que o BOPE sempre está na rua combatendo o crime” avaliou o Secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita.

O Secretário informou ainda que a partir de agora a Polícia Civil aprofundará as investigações em ao grupo preso, bem como sobre o material apreendido. “Antes de uma operação como esta a PM faz um trabalho grande de inteligência e de levantamento de locais e de pessoas envolvidas, por isso é importante que a população passe informações e auxilie no levantamento de dados, para isso temos o telefone 181 disk-denúncias.”

De acordo com o Comandante do BOPE, tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira, a operação foi planejada de forma que as abordagens acontecessem em Curitiba e posteriormente na RMC. “Desta forma conseguimos congelar a cidade e fazer um cinturão de segurança. O COPE nos apoia e agora identificará estes envolvidos, pois alguns já tinham passagens por outros crimes. Nós não vamos parar, todos os dias vamos continuar agindo contra o crime”, disse.

OPERAÇÃO – As atividades iniciaram-se na tarde de terça-feira (31/10) e seguiram até a madrugada de quarta-feira (1º/11). Quase 200 homens em 43 viaturas deslocaram para pontos diferentes de Curitiba com foco nas regiões Leste, Sul e Norte. Após o congelamento da cidade as equipes seguiram para a Região metropolitana de Curitiba (RMC). No total foram abordados cinco estabelecimentos comerciais, 91 carros, 26 motocicletas, 53 ônibus e 2.397 pessoas, das quais foram encaminhadas as 10 citadas.

“A partir do levantamento de estatística descobrimos horários e locais com maior índice de furtos e roubos a ônibus e de veículos, planejamos a operação e executamos. Abordamos ônibus no intuito de flagrar oportunistas e os fura-catraca”, explicou. “O resultado da operação só mostra que estamos no caminho certo”, enfatiza o tenente-coronel Hudson.

O tenente-coronel Hudson lembra ainda que a operação também visou recuperar veículos. “Este objetivo também foi alcançado, ou seja, recuperados quatro carros e uma moto, que tinham sido furtados ou roubados, e agora estavam sendo usados pelos criminosos. Também recuperamos placas de veículos, que são frias ou retiradas de carros roubados”, explicou. “Abordagem a veículos é importante, em uma das situações os policiais suspeitaram de dois homens que desceram de um carro, fizeram a abordagem e apreenderam a submetralhadora. Em seguida deslocaram até uma residência onde apreenderam os cartuchos de emulsão e outras armas”, descreveu.

OCORRÊNCIAS – Numa das ocorrências em São José dos Pinhais (SJP) a PM desarticulou um grupo fortemente armado. Equipes patrulhavam na cidade, bairro Afonso Pena, quando viram dois homens descerem de um veículo Logan prata e seguirem sentido um mercado, em atitude suspeita. A abordagem foi feita neles e no veículo, onde foi localizada a submetralhadora e 35 camisetas novas. “Em seguida as equipes do BOPE foram seguiram para uma residência onde localizaram dois veículos (um Honda CRV e um Ford Fiesta Sedan), o dinheiro, os 36 kg de emulsão explosiva, a maioria das munições, quatro coletes balísticos, os carregadores de arma longa, toucas balaclava e máscara, dois fuzis, quatro televisores e seis placas de veículos. Alguns dos materiais estavam nos veículos. Na residência foram presos mais dois homens. Em continuidade à ocorrência, foi encontrado um veículo Siena roubado. Neste local, três homens foram presos”, conta o tenente-coronel Hudson.

Ainda em SJP, em ocorrência distinta, houve um roubo à farmácia, as equipes do BOPE foram chamadas e conseguiram apreender dois menores que estavam com uma arma artesanal e dinheiro do roubo. “Eles foram reconhecidos por funcionários da farmácia como autores e por isso foram apreendidos”, destaca o tenente-coronel Hudson. Ainda na operação, durante um bloqueio feito no bairro Cajuru em Curitiba, um homem tentou furar a barreira policial, com uma motocicleta, mas foi detido. A moto era furtada e foi recuperada e ele detido.

 

BANDAB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.