Polícia

Presos ameaçam “quebrar cadeia” se delegacia com surto de sarna não for esvaziada

Diferente do que afirmou nota divulgada pela Secretaria da Segurança Pública do Paraná (Sesp) no sábado (2), os presos da Delegacia de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, ainda não foram transferidos após o surto de sarna. A informação foi confirmada à Banda B pelo Conselho da Comunidade, que acompanha a situação, na tarde desta segunda-feira (4).

Segundo a entidade, dos 55 detidos que estavam no local, 12 foram retirados da delegacia na sexta (1). Desde então, no entanto, o local não parou de receber pessoas e os números voltaram à estaca zero.

Os próprios detentos publicaram um vídeo em que reclamam das condições do prédio. “A secretaria falou que transferiu todos os presos, estamos aqui para provar o contrário. Nós vamos quebrar a cadeia se chegar mais gente”, diz um dos homens na gravação.

Superlotação

De acordo com a a advogada Isabel Kluger Mendes, presidente do Conselho, no momento há 55 presos abrigados no imóvel – que tem capacidade para apenas oito. “Destes, três são mulheres, que também estão em condições muito precárias, em um lugar super pequeno, que não tem água nem banheiro. Como não há uma cela fechada para as presas, elas ficam com os pés acorrentados”, relatou.

Ela ainda afirmou que todos os presos continuam infectados com sarna, sem possibilidade de tratamento médico. “A Vigilância Sanitária explicou que não tem como dar remédio para os pacientes, porque o causador da doença se espalhou por toda a delegacia. Está tudo contaminado e isso representa um risco para os funcionários e a população ao redor”, completou.

Transferências

O Conselho da Comunidade continua a dialogar com a Sesp para resolver a situação. Sobre o caso, a reportagem entrou em contato com a Secretaria, que informou que a nota emitida no sábado estava “equivocada”. O órgão informou que, nesta segunda, mais 10 presos seriam retirados da delegacia e que, ao longo da semana, novas transferências devem ser realizadas.

 

Banda B- 05/02/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.