Eleições

Veja as medidas tomadas pelas redes sociais contra fake news para as eleições de 2022

A pouco mais de três meses das eleições de 2022, redes sociais se preparam para lidar com a disseminação de notícias falsas. Somente pelo WhatsApp, 5.229 alertas de irregularidades foram feitos nas últimas eleições municipais, em 2020, e a expectativa é de que o cenário seja ainda mais grave nesta ano.

“A divulgação de notícias falsas referente às eleições já começou. Muitos usuários estão usando o espaço que têm nas redes sociais para divulgar dados adulterados das pesquisas de opinião, por exemplo”, explica a especialista Carolina Martins, Top Voice no LinkedIn.

“Infelizmente, como em 2018, o mecanismo da criação de fake news, assim como as ‘fazendas de likes e compartilhamentos’, tiveram uma grande repercussão. E, de lá para cá, essas ‘estratégias’ continuam sendo muito usadas nas mídias sociais. A tendência é de que, conforme as eleições forem se aproximando, mais fake news vão surgir.”

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.

Banda B

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.